Google+ Followers

domingo, 20 de julho de 2014

iMacros para o FireFox





Se você é um Analista de Teste fã do browser Firefox e quando o assunto é automatização de teste você logo estar lá no meio dando palpite. Então você é um Analista de Teste antenado e já deve saber do novo complemento “iMacros” do Firefox.
O iMacros foi desenvolvido “para automatizar as tarefas mais repetitivas na web. Se há uma atividade que você tem que fazer repetidamente, grave ela no iMacros. Da próxima vez que você precisar disso, toda a macro vai ser usada com um só clique! Com iMacros, você pode rapidamente e facilmente preencher formulários na web, lembrar senhas, download informações de outros sites, capturar a Web (conseguir dados de múltiplos sites), e mais. Você pode manter as macros no seu computador para o seu próprio uso, ou pode compartilhá-las com outros adicionando elas a sua pagina inicial, blog, Intranet de companhia ou qualquer serviço de favoritos sociais. Os usos são limitados somente pela sua imaginação! ***Qualquer coisa que você faz com o Firefox, iMacros pode automatizar.***”
Fonte: https://addons.mozilla.org/pt-br/firefox/addon/imacros-for-firefox/

Sara Meireles
Analista de Teste

domingo, 13 de julho de 2014

A diferença entre o Plano de Teste e o Caso de Teste



Desde quando comecei a estudar para a minha primeira certificação de teste a CBTS. Eu sempre tive dúvida sobre a diferença entre o Plano de Teste e o Caso de Teste. Na maioria das empresas onde trabalhei a equipe de qualidade não costumava desenvolver o plano de teste e sim somente os casos de teste por cenários. Somente na empresa onde trabalho atualmente é que equipe de qualidade chama a planilha com casos de testes de plano de teste. Mas acredito que seja pelo fato das planilhas de casos de teste estarem dividas por níveis de testes.  Pois no Syllabus Versão 2011br diz assim: “O planejamento pode ser documentado em um plano de teste mestre ou de projeto separado em vários planos de testes para diferentes níveis, assim como teste de aceite ou teste de sistemas. A essência dos documentos de planejamento de teste é coberta pelo “Standard for Software Test Documentation” (IEEE 829).” Mas o que importa mesmo é que o Plano de teste e o Caso de Teste são dois documentos com objetivos diferentes.

Dentro do ciclo de vida de desenvolvimento de software os testes são tratados como um projeto. Por isso se faz necessário um planejamento.  A partir do momento que dão inicio as atividades de teste, o plano de teste será escrito e irá conter todas as informações do projeto de teste como: escopo, abordagem, riscos, recursos e cronograma (IEEE 829). O plano de teste é um documento que poderá ser consultado por todos os envolvidos no projeto de teste. O Gerente de Teste é o principal responsável pela confecção deste artefato. 

O caso de teste é um documento que especifica o teste de uma forma mais detalhada possível. Os casos de teste são divididos em cenários. Por exemplo: cenário de inclusão, exclusão, alteração e pesquisa. A divisão dos cenários depende muito do nível do teste e também dos requisitos do sistema. Cada caso de teste deve conter as seguintes informações: Pré-Condição, massa de teste especifica quando necessário, ações (entradas), resultado esperado (saída) e pós-condição.  O Analista de Teste é o responsável pela elaboração e pela execução dos casos testes.

Sara Meireles
Analista de Teste